top of page

Perfil do Caminhoneiro – Segurança na estrada ainda é a principal queixa do profissional do trecho

Homem, 45 anos, ensino médio completo, católico, cerca de 18 anos de profissão, com renda em torno de dois salários/mês. Este é o perfil do profissional do trecho revelado no Perfil do Caminhoneiro Brasileiro – uma pesquisa realizada durante a pandemia (2021) pela Childhood Brasil, em parceria com a Universidade Federal de Sergipe, e apresentada em 2022.



PRINCIPAIS QUEIXAS


SEGURANÇA – A maioria dos profissionais das estradas ainda sofre com grandes dificuldades nas estradas. A falta de segurança nelas ainda é a principal queixa (83,6%). Já a preocupação com o risco de acidentes alcançou 60,4%.


COMBUSTÍVEL E PISTA – O alto valor do diesel e da gasolina e as más condições das estradas mostraram-se como 2ª maior preocupação dos caminhoneiros, alcançando 78,7% deles.


FRETE – A pesquisa revelou que 34% dos caminhoneiros não estão satisfeitos com o valor do frete, que não condiz com os custos que eles podem arcar.


INFRAESTRUTURA – Necessidades básicas nas paradas, como banheiros limpos (94,4%), alimentação a preço razoável (88,8%), comida de boa qualidade (83,2%) e acesso à internet/Wi-Fi (71,6%), foram as principais demandas destacadas na pesquisa.


SAÚDE – A queixa de falta de cuidados de saúde ficou em 55,2%, enquanto a falta de atividade física bateu em 48,5%. Além disso, a ‘jornada de trabalho pesada’ também foi destaque em 34,3% dos caminhoneiros.


SOLIDÃO – 72% dos entrevistados se queixaram de ficar longe da família por muito tempo.


POLÍCIA – 34% e 25,4% reclamaram de problemas com as PRE e PRF, respectivamente.

Comments


Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page